terça-feira, 24 de abril de 2012

Meu Interior


Enquanto espero a inspiração vir ao meu encontro, na minha mente, vagam lembranças e pensamentos de um passado que não me pertence, de um presente surreal e um futuro inadmissível. Em meu estômago, um grito de puro desespero. Em meu coração, uma mistura de sentimentos agridoces e, por vezes, alguns desnecessários. Em meus lábios, não encontro um sorriso. Em meus olhos, lágrimas se desmancham e caem como pétalas de uma flor, como gotas de sangue que mancham minha roupa. Seja bem vindo ao meu interior. Porque o que realmente demonstro é o inverso do que até aqui, proferi.
Aline Bueno

Nenhum comentário:

Postar um comentário