sábado, 22 de outubro de 2011

E se algum dia o amor acabar?


Como viver sem se importar com você ou com alguém? Como se emocionar diante de uma declaração, de uma serenata ou de um filme romântico? Para onde vai o sentimento de prazer e realização? E as borboletas no estômago? Aquele sorriso tímido que damos toda a vez que vemos aquele ser especial? Como controlar a raiva e o ódio? Como sentir paz? Como sonhar colorido? Como... ? Como... ? Como simplesmente viver? E, no entanto, ainda existem pessoas que não se importam em dizer “eu te amo”, ou sorrir para fazer alguém brotar um sorriso. Como não acreditar no amor, sendo ele o responsável por mover o mundo e a vida? Quando se ama tudo muda, tudo se renova tudo se torna mais fácil e mais bonito tudo importa. Não há tristezas ou sofrimentos, quando se ama alguém que também te ama. Um enorme obstáculo se torna um simples desafio. Em cada tragédia se obtém um tirocínio. Um tempo chuvoso se torna num belo dia de sol. Não há espaço para o preto e branco. E fazemos de cada novo dia, uma luta para nos tornamos cada vez melhores naquilo que mais gostamos de fazer e o fazemos bem. Agora me diz: Como se vive sem o amor?
Aline Bueno

Nenhum comentário:

Postar um comentário