domingo, 23 de outubro de 2011

You


O amor da minha vida, o meu porto seguro, a minha razão de continuar viva, o motivo pelo qual sorrio. Ele é tudo, ele é mais do que tudo. É um anjo que surgiu em meu destino e mudou meu rumo. É alguém que segura minha mão, me olha nos olhos e diz: vamos, não tenha medo, você consegue, eu sei que consegue! É o meu diário ambulante, meu amigo e meu namorado. Aquela pessoa que briga comigo, que me mostra a verdade, que me apoia, me acompanha, me defende, me ajuda a levantar. Aquele ser que faz papel de bobo só pra me ver sorrir, que gosta de me contrariar só pra me deixar nervosa. E quando parece que o mundo vai acabar ele simplesmente me hipnotiza e me beija. Aí, o ódio e a raiva vão sumindo e quando eu dou conta, ele já me tem nos braços por inteira. Simplesmente, eu o amo e sempre o amarei. E é uma coisa que eu nunca deixarei de dizer. Porque nos meus piores dias, a voz dele me dá força e garra para eu continuar e jamais desistir. Então, eu só tenho a agradecer. E mais do que tudo, lutar para que a nossa história não tenha um ponto final, mas sim uma reticência.
Aline Bueno

sábado, 22 de outubro de 2011

Se por um segundo...


Se por um segundo, meus pensamentos começam a planejar táticas para morrer, em teus abraços eu encontro um apoio para me reerguer. Se por um segundo, meus olhos mergulham em águas profundas de tristeza, em teu sorriso eu encontro a alegria para me reerguer. Se por um segundo, o tudo me parece nada, eu me lembro de teus olhos para me reerguer. Se por um segundo, a infelicidade bater em minha porta, tuas carícias me fazem negá-la para me reerguer. Se por um segundo, desistir parece a melhor solução, sua voz me anima para me reerguer. Se por um segundo, a caminhada se torna cansativa e minhas pernas tendem a não avançar um sequer passo, em tuas vivências eu encontro um desafio para me reerguer. Se por um segundo, eu quiser fugir para o além, teus braços me selam em teu colo, e teus lábios dizem “eu estou aqui e eu te amo”. E, no entanto, só isso basta para que eu consiga sobreviver...
Aline Bueno

E se algum dia o amor acabar?


Como viver sem se importar com você ou com alguém? Como se emocionar diante de uma declaração, de uma serenata ou de um filme romântico? Para onde vai o sentimento de prazer e realização? E as borboletas no estômago? Aquele sorriso tímido que damos toda a vez que vemos aquele ser especial? Como controlar a raiva e o ódio? Como sentir paz? Como sonhar colorido? Como... ? Como... ? Como simplesmente viver? E, no entanto, ainda existem pessoas que não se importam em dizer “eu te amo”, ou sorrir para fazer alguém brotar um sorriso. Como não acreditar no amor, sendo ele o responsável por mover o mundo e a vida? Quando se ama tudo muda, tudo se renova tudo se torna mais fácil e mais bonito tudo importa. Não há tristezas ou sofrimentos, quando se ama alguém que também te ama. Um enorme obstáculo se torna um simples desafio. Em cada tragédia se obtém um tirocínio. Um tempo chuvoso se torna num belo dia de sol. Não há espaço para o preto e branco. E fazemos de cada novo dia, uma luta para nos tornamos cada vez melhores naquilo que mais gostamos de fazer e o fazemos bem. Agora me diz: Como se vive sem o amor?
Aline Bueno

E mesmo que...


E mesmo que eu saiba que você não me ama, um dia, eu sei que alguém me amará. E mesmo que eu chore, um dia, eu sorrirei. E mesmo que as coisas não são do jeito que eu gostaria que fossem no final tudo se resolve. E mesmo que eu lute, um dia, eu sei que a dor acabará. E mesmo que a distância é longa, um dia, ela se tornará curta. E mesmo que eu cometa erros, aprendo que em cada um deles há uma virtude a ser explorada. E mesmo que eu minta, um dia, a verdade reina. E mesmo que eu caía inúmeras vezes na caminhada da vida, os triunfos virão em seguida. E mesmo que eu te ame, um dia, deixarei de te amar. E mesmo que o mundo é pequeno, eu sou grande. E mesmo que a vida é perfeita, nós, seres humanos, nunca chegaremos a tal nível de capacidade impecável.
Aline Bueno